My Family e Eu

Veneza

Veneza.

Ahhh Veneza… Sempre escutei opiniões contraditórias sobre esta cidade: Veneza “é linda”, “é feia”, “é romântica”, “cheira a esgoto”, “é cara”, “é de difícil acesso” e por aí vai. Quando surgiu uma oportunidade de encontrar uma grande amiga e ainda, de quebra, celebrar meu aniversário por lá, não tive duvidas e fui “checar” com os meus próprios olhos.

Eu, particularmente, AMEI Veneza. Confesso que o povo nao é do mais simpático, mas a cidade em si é muito linda. Fomos em Abril, ficamos do dia 27-29 de Abril (2012) e o clima estava M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O. Um sol lindo, dias quentes bem iguais aos do nosso “Brasilzão”, a viagem não foi “perrengue free” não, mas, ainda assim, mega recomendo. É um lugar do qual com certeza voltarei.

Começando pelos “perrengues”: do aeroporto até a estação de St. Lucia foi uma viagem fácil e sem problemas, nosso hotel também era ali, coladinho na estação (200 metros de distância) e o achamos fácil, porém, decepção total. Na real eu nunca espero muito de hotéis na Itália não e provavelmente o motivo deve ser a minha “budget” (de até EUR 150,00 por diária) o que não me permite encontrar algo muito top por esse preço em nenhum lugar da Itália que me hospedei até hoje (e olha que esse valor é praticamente R$ 540,00). Tudo lá parece velho, meio cheio de pó, sabe? E o hotel que ficamos em Veneza infelizmente não fugiu à regra e, ainda, na minha opinião, ganhou o troféu de pior hotel que eu já fiquei até hoje!

Reservei essa acomodação, Alloggi Agli Artisti, pelo www.booking.com e as reviews online estavam OK. No quesito localização foi realmente ideal (fizemos TUDO a pé durante os 3 dias que passamos lá), mas a pior parte vem agora: o banheiro era do lado de fora, para dividir com o outro quarto, o que inicialmente nao era para ter sido problema algum, pois o outro quarto tinha sido reservado para uma amiga que mora na Itália e estava indo nos visitar, e por isso eu não estava inicialmente incomodada com isso, porém, fizeram uma baita confusão e rolou um “double booking” no quarto dela e ela acabou ficando no nosso quarto!!! Tipo, sem comentários… eu nao sou “RYCA”, mas uma coisa que não rola é dividir banheiro com estranhos e isso para mim “azedou” a minha viagem sim! Passado o susto e todos acomodados, vamos explorar Veneza, afinal de contas, quanto mais tempo fora do Hotel a gente passar, mais aborrecimento eu consigo evitar!

A cidade é linda e te dá uma sensação de paz única (sempre sinto essa sensacao de paz quando vou para a Itália, lá, ao contrario de Londres, nada é corrido) saíamos cedinho e seguíamos o nosso mapa para os pontos turisticos, nos perdendo pelas ruelas de Veneza, sem pressa e sem medo de ser feliz, sempre parando para um sorvetinho Italiano aqui, um “sandubinha” fresquinho das feirinhas ali, e por aí vai.

5 7 10 15 venice 1 venice 2 venice 3 venice 4 venice 5

O que mais me marcou em Veneza foi a Piazza San Marco, que lugar magnifico, que vibração boa, energia contagiante. É o coracao de Veneza e à noite, ali na entrada dos restaurantes, se formam pequenas orquestras com música clássica ao vivo, e free a noite toda. Um grupo se apresenta e, assim que termina, outro começa. Indescritível, contagiante, sem dúvida foi a “highlight” de Veneza para mim.

12 19 20 35

Outro lugar em Veneza que também ficou marcado foi a “Ponte di Rialto”, de novo, lugar com uma vibração incrível, várias lojinhas, cafés, barraquinhas, “muvuquinha” organizada… amei. Veneza tem vários outros pontos turísticos lindos e imperdíveis: A Basílica de São Marcos; passear de Gôndola pelo Grande Canal; a Torre dell’Orologio e por aí vai. Não podemos esquecer também da Ponte dell’Accademia, onde os visitantes, principalmente casais do mundo todo, prendem cadeados nas suas estruturas. Eu particularmente não prendi, acho essas coisas meio “piegas”, mas ainda gosto de passear e conhecer.

17 6 9 13 14 23 26 32 37 29 30 38

Em relação à comida: “tudo ok” (com exceção dos gelattos que, para mim, são AMAZING) mas, nada que tenha feito o meu “coração bater mais forte” e que mereça um post destacado. A pizza foi uma decepção, pasmem, mas a maioria das pizzarias em Veneza não possuem forno à lenha e, se não me engano, só UMA que tem o bendito forno (posso estar errada, me corrijam se esse for o caso). Enfim, sobre Veneza, ficam aqui as fotos que falam por si só.

Baci!

Navegação de Post Único

4 opiniões sobre “Veneza

  1. Pingback: Gravidez | myfamilyeeu

  2. As fotos estão umas mais lindas que as outras mas eu fiquei super curiosa pra saber o que é aquele porquinho? Doce? Salgado? Gostoso ou nem é de comer?

    Beijos

    Curtir

  3. Que fotos LINDAS!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

ROBERTA BITENCOURT DE ANDRADE

moda beleza acessórios penteados cabelo maquiagem unhas decoradas tendência dicas decoração

Viajando com Pimpolhos

Ficou fácil viajar com crianças!

Valentina na estrada | Viagem, uma herança de pai para filho

Experiência em viagens com nossa filha Valentina transformadas em histórias e dicas para pais que viajam com bebês e crianças.

Posso Dar Uma Dica?

Dicas para facilitar o dia a dia

A periquita amarela

Fica na casa da sogra enquanto viajamos...

%d blogueiros gostam disto: