My Family e Eu

Casamento Polonês

Ano passado o irmão mais novo do Damian se casou e nós fomos para lá celebrar. Esse também foi o primeiro casorio que a Izabella presenciou! Já a minha primeira vez em um casamento polonês foi em 2007 (casamento de um outro irmão do Damian) e depois desse casamento fomos convidados para vários outros de primos e amigos do Damian.

image (1)

image (2) image (3)

Na primeira vez que eu fui eu nao sabia muito o que esperar, mas a surpresa foi agradabilíssima e o casamento, lindoooo e perfeito (para o meu gosto). Os Poloneses geralmente se casam durante o verão (entre junho e setembro) e a festa dura 2 dias: o primeiro dia com cerca de 200-300 convidados e o segundo dia só para os mais “íntimos”, cerca de 100-150 convidados. O primeiro dia é um pouquinho mais mais formal e o segundo mais relax, mas muito embora o casamento em si seja formal “overall” é bem mais relax do que os casamentos brasileiros.

A decoração não é tanto o foco como é para a gente (mas ainda decoram tudo lindamente); o foco vai para as pequenas tradições e costumes que ocorrem durante o dia e, óbvio, para a mesa farta e muita, mas digo, MUITA comida e bebida! A celebração do casamento já começa cedo, com os noivos se arrumando nas suas respectivas casas e logo no começo da tarde o noivo vai com o “Best Man – (Drużba weselny)” e com os seus pais pegar a noiva na casa dela. Ali ele pede a permissão dos pais para tirar a filha de casa, recebe a benção dos mesmos e seguem para a Igreja. No trajeto para a Igreja, os noivos são parados várias vezes por brincadeiras pré planejadas por amigos e famílias. Os bombeiros param eles no caminho; os carros vão bloqueando a passagem, tudo com o intuito lúdico de tentar “atrasar” o dia deles e fazer com que eles “mudem de ideia”. Para serem liberados, os noivos geralmente “pagam” a galera com… Vodka. Já nesse trajeto várias e várias garrafas de vodka são liberadas para que eles possam chegar na Igreja.

image (4)

image (9) image (10) image (11)

image (5) image (6) image (7) image (41) image (42) image (43) image (44)

 

A Igreja não fica muito cheia, pois a maioria das pessoas opta por ir direto para o salão. Chegando lá, geralmente começamos a beber e beliscar algo enquanto os noivos vão tirar as fotos; quando eles chegam a fila já se forma para darmos as felicitações e o dindin (lá, todo mundo sabe que tem que dar dinheiro, não tem lista de presentes). Cada familia dá um envelope (koperta) com o dindin e o valor já é meio que estipulado (não oficialmente, mas todo mundo sabe o quanto tem que dar). Geralmente, com o envelope, se entregam flores, chocolates, livros ou uma garrafa de vinho.

image (12) image (14) image (16) image (17) image (21) image (22) image (23) image (24) image (25) image (27)

 

 

Depois disso, a gente senta e começa a comilança. O jantar geralmente é servido à francesa (sim, para 300 pessoas, e dá certo viu?) e nada menos do que 7-8 pratos diferentes, e… eeeeeee… entre um “course” e outro eles sempre colocam umas coisinhas na mesa para a gente ir beliscando enquanto o outro prato não chega. EEEEEEEEE… geralmente, tem uma outra mesa também, chamada “Village Table”, com as comidas e bebidas típicas da região (bem parecida com a mesa dos cafés coloniais do pessoal do Sul do Brasil).

Toda essa comida é regada com MUITA, MUITAAAAAAAAAA Vodka (e cerveja, vinho e os outros “licores” também). A comida Polonesa é simples e deliciosa (um dia falo mais dela e divido umas receitinhas aqui também). Lembra muito a comida Austríaca que mencionei nesse post aqui. Eles adoram batata, carnes e aquele repolho azedo (o nosso chucrute) e esses 3 ingredientes acabam sendo a base de muitas de suas receitas! Aliás, para férias e para se comer bem, recomendo a Polônia 100%, eu mesma, ignorante, era meio cética quanto a passar férias na Polônia, mas desde 2006 (primeira vez que fui para lá) vi o quão encantador esse país é e como se come beeeeeeeeeeeeem por lá. Me rendi aos seus encantos! hahahahahah Estou me empolgando demais e perdendo o foco do post, provavelmente ao longo dos meses vou postar várias coisas sobre a Polônia e sobre as viagens que fizemos para lá, mas preciso de tempo para “catar” minhas fotos e organizar tudo.

image (46) image (47) image (48) image (49) image (50) image (52) image (53) image (56) image (62) image (63) image (64)

Geralmente a musica é de bandas ao vivo e depois dos 3 primeiros pratos rola a primeira dança dos noivos também. Conforme a noite vai desenrolando, várias brincadeiras acontecem. E daí ficamos nesse ciclo comida-música-brincadeiras-comida-música… até o dia amanhecer (essa parte é só para os fortes eu, geralmente, vazo e o Damian fica rs). No dia seguinte, tudo se repete!

image (28) image (31) image (33) image (35)

image (51) image (39) image (54) image (55)

 

 

Passadas as festas o ciclo é outro: “vou fazer detox”, “juro que não como nada por uma semana”, blá blá blá… Nunca será.

 

Boa semana para todos!

 

 

Baci!

Navegação de Post Único

6 opiniões sobre “Casamento Polonês

  1. Que post lindooooooo. A bella fofa se divertindo horrores, ela é um amor né? Tão comportadinha essa pincheja.

    Curtir

  2. Amiga muita comida gostosa! Renova seus vows lá pra eu curtir um casamento polonês, please?! Muito legal as tradições de “atrasarem” o casal e toda a bebedeira também, eles parecem ser animados como os brazucas.
    Amei teu vestido e a mini Beth tava uma graça.

    Beijos

    Curtir

  3. BCayres em disse:

    Lindo post. Adoro conhecer outras culturas e viajar. Linguagem coloquial, sem perder a elegância e o estilo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

ROBERTA BITENCOURT DE ANDRADE

modelo de roupa feminina beleza acessórios penteando e cabelo maquiagem unhas decoradas tendências dicas

Viajando com Pimpolhos

Ficou fácil viajar com crianças!

Valentina na estrada | Viagem, uma herança de pai para filho

Experiência em viagens com nossa filha Valentina transformadas em histórias e dicas para pais que viajam com bebês e crianças.

Posso Dar Uma Dica?

Dicas para facilitar o dia a dia

A periquita amarela

Fica na casa da sogra enquanto viajamos...

%d blogueiros gostam disto: